Dia Internacional Contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas

O dia 26/06 é marcado pela ONU como o Dia Internacional Contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas quando é lançado anualmente o Relatório Mundial de Drogas contendo informações atualizadas do mundo todo sobre consumo, produção e tráfico de drogas. A data foi definida pela Assembleia Geral da ONU através da Resolução 42/112 de 07/12/1987, implementando recomendação da Conferência Internacional sobre o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, realizada em 26/06/1987, ocasião em que se aprovou o Plano Multidisciplinar Geral sobre Atividades Futuras de Luta contra o Abuso de Drogas.

Mesmo com o todo o trabalho realizado pelos governos mundiais no combate a este ilícito, o tráfico de drogas só aumenta, principalmente na internet sendo, inclusive, negociadas com moedas virtuais como a bitcoin. De acordo com pesquisa encomendada pelo governo holandês em 2016, o número de traficantes na web triplicou desde 2013 e apontou que os criminosos americanos detêm 36% desse mercado.

A venda online acontece numa rede de difícil acesso na web chamada de dark web, uma internet ainda mais profunda que a deep web. Os conteúdos disponibilizados em ambas as redes não podem ser encontrados rede surface web, a mesma que utilizamos diariamente por meio do Google Search, por exemplo. Para ter acesso a ambas é necessário o uso de aplicativos, browsers e outros conhecimentos técnicos. Quanto ao conteúdo é possível encontrar além do tráfico de drogas, assassinos de aluguel, vídeos de tortura, de pedofilia e de outras práticas sexualmente doentias.

Dentre os casos já desarticulados pelas polícias mundo afora podemos citar o do Silk Road nos EUA, considerado o maior mercado online de drogas do mundo. Em notícia publicada em 2013 no portal Canal Tech há informação do governo americano que o Silk Road “efetuou mais de 1 milhão de transações que movimentaram 9,5 milhões de Bitcoins – o equivalente a US$ 1,2 bilhão”. No Brasil, podemos citar a Operação Dealer da PF em fevereiro de 2019. A operação teve como foco organização criminosa que negociava a venda de drogas nas redes sociais. Na Europa, a Europol, tirou do ar o The Wall Streey Market, considerado o segundo maior site de drogas online do mundo com uso de moedas virtuais como bitcoin e monero.

Texto original que fora disponibilizado parapublicação no perfil da Law Talks no Instagram (@lawtks).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s